Histórico
 03/12/2006 a 09/12/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 04/06/2006 a 10/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005


Categorias
Todas as mensagens
 Link


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 ESCUTE MINHAS MÚSICAS
 El Chiquito
 Greve Geral
 Maurício
 Jorge
 Hudson
 Maria Teresa
 Giovano
 Eric
 Annay
 Alex
 Cídio


 
Nada Rima
 

Vídeo Game Vídeo

 

 

Luzes convulsivas

entretém os olhares

estimulam batimentos cardíacos

distraindo a tristeza

 

se esquece de quem é

olhos amarelados

arregalados ao máximo

não respira mais

 

perde o sono

perde a fome

não vai mais ao banheiro

faz tudo ali mesmo

 

seu corpo apodrece

o cheiro de morte

parece evidente

até que chega



Escrito por Ele mesmo às 08h00
[ ] [ envie esta mensagem ]



8 Meses (ou Estágios 1, 2 e 3)

 

 

Abre os olhos

não acredita

o relógio mostra

que é cedo para acordar

 

anima-se

vai à padaria

retorna, come

e volta a dormir

 

liga para ela

fala com ela

é hora do almoço

encontra

 

estágio 2, ela está alegre

estágio 3, ela está brava

estágio 1, ela está normal

estágio 2, ela está alegre



Escrito por Ele mesmo às 10h12
[ ] [ envie esta mensagem ]



Um Pulmão em Baixo D´água

 

 

Não enxergava nada

o limpador do pára-brisa

estava muito gasto

e a garôa o cegava

 

percebeu que seu atraso

era maior que o de costume

pisou fundo no acelerador

o que aumentara sua cegueira

 

o seu atraso era esperado

assim como a desculpa pronta

que ele sempre dava

não havia surpresa

 

subiu dois lances de escada

para entrar, empurrou pessoas

para sentar, limpou a cadeira

e encheu de ar seu pulmão



Escrito por Ele mesmo às 09h16
[ ] [ envie esta mensagem ]




[ ver mensagens anteriores ]